sábado, 3 de março de 2012

Dicas sensuais

 
Três minutos é o limite para o prazer causado pelo estímulo das zonas erógenas (orelha, virilha ou pescoço) dar lugar ao tédio. Não passe mais tempo do que isso se dedicando a essa região.

Tome água para ajudar na produção de saliva e manter os lábios lubrificados.
A coluna vertebral concentra boa parte das terminações nervosas do corpo. Lamber a área lentamente é uma boa dica.

Os géis de morango ou similares (como amora) são os favoritos dos homens.
O aroma da abóbora pode aumentar em até 40% a circulação de sangue no pênis.
Transar em um local bem apertadinho aumenta o contato e o tesão entre os corpos.

Sincronizar os ritmos de respiração fará com que vocês atinjam o mesmo nível de excitação, o que vai ajudá-los a chegar juntos ao orgasmo.
Sentir os batimentos cardíacos do parceiro aumenta a ligação entre o casal. Durante o sexo oral, coloque uma das mãos no coração dele ou tente uma posição na qual um possa ouvir o coração acelerado de tesão do outro.

Ritmos que se adéquam aos movimentos naturais do corpo intensificam a interação. Músicas que simulam as batidas do coração, como as caribenhas, amplificam tudo o que vocês estão fazendo na cama.

Outro segredo das duplas que chegam juntos ao orgasmo é falar durante as carícias.

Destaque os atributos físicos dele. Diga e escreva coisas que façam com que ele se sinta másculo e desejado.


Escreva frases provocantes e elogiosas, como “Nossa, que boca deliciosa você tem”.
Conte pequenos segredos que o excitam e escreva o que quer que ele faça com você.
Aprenda palavras sexy em outras línguas e exiba toda a sua fluência enquanto estiverem transando.

Elogie sempre que o cara mandar bem. Ele ficará com a autoestima em alta e vai querer bis.

Durante o orgasmo, diga o nome dele. Homens adoram sentirem-se únicos nessa hora tão especial.
Às vezes nem é preciso falar nada. Uma respiração ofegante na orelha pode ser o suficiente para o clímax.

Beijos nos pés!