sábado, 5 de outubro de 2013

MY MTV – Jornalístico e Variedades


A Hora do Chay: Era apresentado pelo gatíssimo Chay Suede. Foi a melhor coisa que apareceu na MTV nesse ano. Pena que durou pouco. Fazia de tudo para assistir ao programa. Quando não dava, assistia as reprises no fim de semana. 

O cara era tão gente boa e promissor, que deram nome ao programa dele. Esse cara vai fazer muito sucesso. Quando ele ficou descalço na gravação do Rockgol Campeonato, quase gozei com aquelas solas macias e sujas.

Batalha de Modelos: Era apresentado pela Daniella Cicarelli e tinha uns carinhas que desfilavam como modelos. Adorava todas às vezes que eles ficavam descalços ou de bermudas.

Cine MTV: Assisti alguns programas feito pela Marina Person e depois pelo Felipe Solari. 

Gostava do programa porque passava sempre sobre os filmes de estreia da semana, e no fim, passavam alguma cena de algum filme indicado pelos telespectadores.

Jornal da MTV: Apresentado pela Luisa Micheletti e Léo Madeira, além de informações, trazia bandas convidadas para tocarem ao vivo. Senti muita falta da Luisa na programação da MTV. Também assistia o Ya! Dog que ela fazia. Também adorei quando o Edgard Piccoli apresentava o jornal.

Notícias de Verão: Apresentado por Léo madeira, o programa mostrava as novidades do verão diretamente de Florianópolis. 

Além disso tinha drops de notícias com 30 segundos que entravam na programação da MTV diariamente. 

Teve um dia que escolheram um carinha para apresentar o programa durante um bloco. 

Era um morenaço que usou sunga vermelha e ficou sentado o bloco inteiro numa cadeira de praia. Foi um tesão assistir o solão do cara durante o bloco inteiro. Acabei não anotando quem era. Acho que era um MC ou DJ. Lembro até hoje daquele solão.

PC na TV: Foi apresentado pelo PC Siqueira e contava com perguntas dos internautas, enquete da semana, o povo contra PC que passava opiniões das pessoas nas ruas sobre algum assunto polêmico, o melhor dos piores vídeos e mande o seu objeto, no qual PC recebia presentes dos telespectadores. 

Senti a saída do PC Siqueira. 

Com exceção das calças EMO que ele usava, adorava as camisas xadrez, suspensórios, coletes e gravata borboleta. Comecei a reparar nas combinações para usar também no dia a dia.

Quebra Galho: Era um programa que tratava sobre problemas práticos do dia a dia. Para ajudar os telespectadores mais atrapalhados, a produção oferecia um especialista no assunto da vez e dava 50 reais para solucionar a questão. 

Adorei um episódio no qual passou um apartamento tipo república que tinha um monte de carinhas bonitos e que ficavam na maioria das vezes descalços. Vi todas as reprises.

Scrap MTV: Foi um programa destinado ao público jovem comandado pela MariMoon, que contava com convidados no estúdio, quadros, matérias e participação da audiência por telefone e pela web através de e-mails. 

Os assuntos variados tratavam de música, moda, internet e o mundo pop. Também senti muito a saída da MariMoon.

VJ’s em Ação: Cinco VJ’s se revezavam em uma sala de cafezinho cenográfica construída especialmente para o programa. O assunto era indefinido. Falavam de música, cinema, trabalho, comportamento, moda, futebol e outros temas relacionados ao universo da MTV e de seus telespectadores. 

Mostrava o lado pessoal de cada VJ.

Beijos nos pés!

Fonte: Wikipédia.