segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Sol,chuva e pedra de gelo

Sabadão de sol, eu me mandei para São Paulo. Fui a viagem toda lendo para passar o tempo e escutando um Rock pauleira. Desci na estação Lapa e dei um rolê pelo centro. Estava cheio de gente. Muitas bermudas e chinelos.



Resolvi ir assistir um filme no Shopping da Lapa. O filme era Atividade Paranormal 4Se passa em 2011, cinco anos depois de Katie matar seu namorado Micah, sua irmã Kristi e seu cunhado Daniel e levar consigo o sobrinho Hunter. 

Eles vivem juntos em um pacato subúrbio. Na casa ao lado vive a adolescente Alice, que acompanha os passos do garoto sem que ele perceba, ao menos aparentemente. Até que estranhos eventos acontecem em sua casa, colocando-a em perigo.


O filme era legendado. Não levei nenhum susto. O cinema estava cheio de gente. Tinha um pessoal no fundo que conversava muito. Na hora dos sustos, as meninas sempre gritavam. O fim foi meio sem graça. O pessoal quase vaiou. Mas gostei mesmo assim.


O pai da personagem principal foi interpretado por um ator quarentão gato chamado Stephen Dunham, que em determinado momento mostrou seu pezão para o nosso deleite. Pena que descobri que esse ator lindo, sofreu um ataque cardíaco meses atrás.


Depois aproveitei e dei um pulo na Estação Ciência situado na Lapa. Tinha pouca gente porque estava quase para fechar. As galerias de cima já tinham fechado. Vi alguns pais com seus filhos. Apenas um estava de bermuda.


Depois fui para o Shopping Bourbon. No caminho deu uma chuva danada. Parei em uma parada de ônibus para me proteger da chuva. Algumas pessoas desciam e subiam nos ônibus. Como não tinha busão na direção que eu ia, tive que esperar a chuva passar.


Fiquei ouvindo música enquanto os carros e ônibus passavam e espirravam água na gente. Os bueiros estavam entupidos e a chuva alagou a outra calçada em cinco minutos. Meu tênis preto ficou todo encharcado e meus pés enrugados. 
Depois de uns minutos, começou a chover pedras de gelo. Fiquei observando elas caírem próximas de onde estava sentado. Meu banco ficou todo encharcado. Tentei me proteger, mas levei chuva por todos os lados.


Depois de um tempo, a chuva parou e me mandei para o shopping. Fui até o mercado fazer compras e encontri um casal de gays. Um dos caras era nerd. Tinha pernas grossas e peludas. O pezão era 44. Branco como a neve e a sola era bem rosadinha.


Fiquei imaginando aqueles dois com os pés se esfregando. Devia ser um tesão!
Depois me mandei para uma livraria que costumo ir sempre no West Plazza. 


O livro que eu queria só estava com desconto pela internet. Então me mandei para casa.
No caminho para a estação Barra Funda, encontrei com um carinha de pernas grossas e peludas. Fui até a estação com ele andando na minha frente. Além das pernas, ele tinha um belo traseiro.



Peguei o trem e fiquei em um canto sentado no chão. Terminei de ler uma revista e depois fiquei só ouvindo música. Não consegui acessar a TV do celular, por causa do tempo.
Cheguei em casa, tomei banho, comi, assisti TV e depois fui dormir com os anjos.


Dedico esse post ao querido ator Stephen Dunham.

Beijos nos pés!