sábado, 25 de janeiro de 2014

Deserto portenho

Apesar do calor, tive uma ótima noite, pois estava muito cansado. Acordei umas três da manhã por causa dos fogos de artifícios, mas acabei dormindo novamente.
Desci até embaixo e estava o maior deserto. 

Todos dormiam. Não tinha ninguém para trocar ideia, nem na recepção. Então voltei para o quarto e fui assistir televisão. 

Consegui sintonizar sete canais no meu celular. Assisti ao programa do Leo Montero que se chamava AM. Depois assisti a um canal com programação infantil. Explicavam as coisas para as crianças em forma de desenho. Depois assisti a C5N.

Acabei comendo no quarto mesmo, e depois desci para conversar com os brasileiros. Um dos brasileiros morava lá. Me explicou como se faz para ficar morando lá de vez. Se um dia resolver mudar para Bueno Aires, já sei como fazer.

Conheci um dinamarquês que falava inglês, francês, um pouco de espanhol e dinamarquês. Sentamos e ele mostrou um livro e pediu para nós lermos um pouco. Enquanto líamos, ele corrigia a nossa pronúncia e dava risada.

Ele era de descendência alemã. Tinha olhos azuis e cabelos loiros. A pele era bem clara e tinha bochechas rosadas. Tinha 19 anos e era magrinho. Em compensação, ele tinha um baita pezão 44. Teve uma hora que ele sentou perto de mim e passou a sola em cima dos meus pés. 

Adorei aquela esfregada de pés. Quase fiquei arrepiado. Pena que ele era muito novinho e era magrinho. De qualquer maneira, ele tinha namorada e era hetero. 

Mas mesmo assim, adorei a esfregada de pés. Pena que não deu para eu fotografar os pés dele. Mas a esfregada foi inesquecível. 

O brasileiro que morava lá, tomou muita cerveja e começou a chamar ele de Leo DiCaprio. Tentou dar em cima dele e passou a mão em suas pernas. Mas ele não deu confiança.

Conversei com a dona do hostel e ela disse que assiste Avenida Brasil. Os argentinos adoram as novelas brasileiras.
A noite saí com os dois heteros e eles tomaram sorvete e eu fiquei chupando o dedo porque sou pré-diabético. 

Depois voltamos para o hostel e eles saíram para comer pizza. Eu acabei ficando e fui ver TV. 

Assisti a um filme do Tom Cruise com sotaque espanhol e depois assisti ao penúltimo capítulo de uma novela local. Assisti apenas uma parte e depois fui dormir.
Amanhã falarei sobre a TV portenha.
Beijos nos pés!