segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Shopping, Livrarias, Casa Rosada e Praça de Maio

2 de janeiro:
Acordei e depois me mandei para aproveitar bem o dia. Comecei indo a Lan House, pois queria acessar meus e-mails e postar alguma coisa no blog. 

Não consegui acessar nem os e-mails e nem o blog. Tentei registrar uma nova senha e nada. Consegui acessar meu facebook, mas não consegui postar nenhuma foto. Para terminar, faltou energia na Lan House e tive que esperar o computador reiniciar. Quando reiniciou, faltou energia de novo. Acabei desistindo e indo embora.

Depois fui dar uma volta no Shopping Abasto. Adorei uma vitrine do filme Frozen. Vi uma propagando de viagem para a Paraíba. Adorei a decoração de Natal do shopping.

Depois de dar uma sondada pelo cinema, fui ao mercado comprar coisas para comer, e depois fui andar pelo centro de Buenos Aires. Passei por muitas livrarias, do tipo Sebo. Só que tinham livros novos. Então comecei comprando dois livros. Não comprei mais por causa do peso.

Depois fui em direção ao Porto Madeira, mas acabei desviando o caminho para a Casa Rosada. No caminho passei por um convento e tirei foto de uma Santa. 

Meus pés já doíam por causa dos sapatos novos, mas mesmo assim fui até a Casa Rosada. Pena que não deu para entrar. As excursões eram nos fins de semana.

Em frente a Casa Rosada, tinha a famosa Praça de Maio. Tinha uma escultura pichada e algumas pessoas de algum movimento com faixas. A imprensa passou por lá para filmar a movimentação. 

Enquanto tirava fotos, fiquei ao lado de uns turistas que recebiam informações de uma guia turística. Aproveitei para aprender um pouco mais sobre o local.

Depois tomei o metrô e passei no mercado. Cheguei em casa fui tomar banho e fui comer macarrão, ovo cozido e hambúrguer de soja. 

Foi o único dia que jantei comida. Nos outros dias eu almoçava comida no restaurante vegetariano, e jantava somente frutas.
Depois saí com um brasileiro para comprar a janta dele. 

Ele passou numa carniceria (espécie de açougue) que vendia carnes. Não consegui nem entrar por causa do cheiro.

Depois passamos em frente a uma Igreja Universal. O brasileiro foi olhar os horários para poder ir. Voltamos e o brasileiro foi fazer janta para os outros dois caras. 

Fiquei conversando enquanto eles comiam. O dinamarquês também ficou com a gente. Normalmente falávamos em inglês porque ele sabia pouco espanhol. O brasileiro usava o tradutor do seu tablete para se comunicar melhor com ele. Ele entendia algumas coisas que eles falavam, mas falava pouco. Ficava só prestando atenção na conversa.

Depois de um tempo, fui tomar banho e assistir TV no meu quarto. Assisti ao último capítulo da novela argentina Los Vecinos en Guerra

A trilha sonora era composta de músicas americanas e argentinas. No fim, um personagem cantou uma música americana em espanhol. 

Reparei que a novela tinha duas lésbicas que se beijaram na boca e um transexual. Achei bem moderninho. Assisti um pouco do noticiário local e depois fui dormir.

Amanhã conto sobre o bairro de Palermo que é lindíssimo. Passei por um Centro Islâmico e visitei o tão famoso Hipódromo no qual me EMOcionei.
Beijos nos pés!


Shopping Abasto, ruas, calçadas, Casa Rosada e imagem no convento


Propaganda no shopping, escultura, Banco De La Nacion Argentina, Praça de Maio