quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Quinta Normal e Museus

A impressão que eu tive é que deixei para fazer tudo no último dia.
Saí sozinho até a Quinta Normal.
Passei por vários museus, mas tive que selecionar alguns para visitar. Então comecei pelo Museu de Arte Contemporânea (MAC) que foi feito em estilo francês do século XIX e possui exposições experimentais e mostras de arquitetura. Adorei o hall de entrada, o vestido que infla e vira uma espécie de espinhos, a estufa feita com máquina de pegar ursos de pelúcia, o microscópio com fungos e o tanque. 




Os outros museus entravam pelo Parque Quinta Normal. Além de muita área verde, o parque possui lago com pedalinho, botes a remo, quadras esportivas e alamedas para corrida ou caminhada. 

Na entrada aviste um bando de crianças tomando banho no chafariz.
Depois visitei o Museo de Ciencia y Tecnologia

As exposições interativas com experimentos de astronomia, eletricidade e ótica agradaram a criançada e a mim, porque podia-se tocar em quase tudo. Adorei a foto do Thomas Edison depois de três dias de trabalho para perfeccionar o fonógrafo.

Por último, visitei o Museo Nacional de Historia Natural que foi declarado monumento nacional. Além das coleções de insetos, fósseis e meteoritos, o visitante pode conhecer mais da história e as características biogeográficas do Chile através de sua fauna e flora.
Lembrei das aulas de taxidermia que estudei na faculdade quando vi dois cientistas restaurando dois animais. 
Tirei poucas fotos porque meu celular descarregou. Como sempre!


Beijos nos pés!

Fonte: Wikipédia.
Fonte: http://sousastour.com/santiago/4-museus-para-explorar-em-santiago-do-chile/
Fonte: http://viajeaqui.abril.com.br/estabelecimentos/chile-santiago-atracao-parque-quinta-normal