quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Tipos de beijos

Cócegas com a língua consiste em desenhar, usando a ponta da sua língua como pincel, contornando o lábio do seu amor por fora e por dentro. Você passeia sua língua em volta dele, com deliciosos movimentos circulares.

Beijinho, beijinho consiste em beijar os cantos da boca de seu amor, de um lado e do outro, repetidas vezes, como se não acertasse a mira. Isso vai deixá-lo louco.

No beijo ardente, sua língua inteira busca preencher todos os espaços dentro da boca do seu amado. 

É um beijo forte, decidido e cheio de paixão.

No beijo rítmico, deve-se pressionar os seus lábios sobre os dele, a boca deve estar aberta, as línguas se abraçando, se roçando, se enroscando, como se dançassem no ritmo cada vez mais quente do amor.

No beijo sugador a pessoa fica de boca bem aberta. O casal cola os lábios com força e, em vez de fazer caricias com a língua, um suga o ar com toda a força. Esse beijo dói mais do que dá prazer.

O beijo francês é a versão suave do sugador. Os adeptos gostam de explorar longamente o prazer com os movimentos da língua.

O beijo nas mãos são absolutamente encantadores e irresistíveis, apesar do ato não significar nada.

Beijo na orelha burla a timidez, pois sem o confronto cara a cara, a pessoa se sente mais protegida. Faz com que a pessoa conheça bem as zonas erógenas do corpo.
Beijos com mordidas querem deixar marcas por onde passam. Pode significar possessividade ou paixão.

Beijos violentos, apaixonados, carinhosos ou gentis, entre amigos, amantes ou familiares, sempre dizem a verdade sobre o quanto uma pessoa ama e é amada.

E você, qual destes beijos você mais gosta? Faça o seu comentário.

Beijos nos pés!