segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Parque Centenário

9 de Janeiro
Hoje estava quente. Depois que fui almoçar, subi a avenida de volta em direção ao Parque Centenário. Tinha muita gente deitada pelos gramados. 

Consegui fotografar apenas um carinha. Tentei disfarçar tirando as fotos dos pombos.
Depois fui ao Museu de Ciências Naturais e vi muitos animais empalhados. Mostrava a técnica de taxidermia. Tinha uma sala enorme só de dinossauros.

Fiquei até o Museu fechar, e o segurança teve que vir me buscar para sair do recinto.


Na saída, passei em um Hospital Oncológico, e tive a impressão de ter visto o meu companheiro de quarto sentado em um banco do lado de fora. Depois passei pelo Observatório Astronômico, mas acabei não entrando. 


Na volta, já passava das sete e o Parque estava lotado de gente. Mas acabei indo embora, pois estava muito cansado. O sapato novo me apertava muito, e também eu andava demais.
Depois de ter visto muitas pernas grossas e peludas pelo parque, fui em direção do hostel. 

Cheguei e fui direto tomar banho. Depois desci para comer e voltei para o quarto para assistir TV. Quando o argentino chegou, fui conversar com ele e mostrar minhas fotos. 

Teve uma hora que ele encostou o solão dele em cima dos meus pés. O cara tinha um baita solão, mas tinha idade de ser meu pai.
Fui dormir pensando nas solas rosadas que vi no Parque Centenário.


Amanhã conto da visita ao Museu de Belas Artes e do Palais de Glace.

Beijos nos pés!


Parque Centenário


Parque Centenário


Vídeos do Parque Centenário