sábado, 14 de julho de 2012

Querido John


Nicholas Sparks, autor número 1 de Best-sellers traz a história inesquecível de um jovem que tem de tomar a decisão mais difícil de sua vida, em nome de seu grande amor.

Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre.


Com um futuro sem grandes perspectivas, John Tyree , um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o Ensino Médio.

Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer: os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para a Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.


Adorei o livro porque fala de um transtorno de desenvolvimento chamado Síndrome de Asperger. Alguns sintomas são: Evitam olhar para as pessoas quando falam com elas. Algumas tem QI baixo ou são gênios em assuntos específicos. Alguns vivem bem em sociedade, já outros precisam ser internados. Existem famosos que foram prodígios na música ou na matemática, mas são raros entre a população em geral. Enquanto o autista vive no próprio mundo, a pessoa com Asperger vive no nosso mundo, mas do modo que ela escolheu. A rotina imutável, a inaptidão social, a falta de interesse em outros temas, o desejo de ficar sozinho. Algumas forçam viver a vida com opções pré-determinadas. A pessoa cria um conjunto de regras para a vida, regras que o ajudam a se encaixar no mundo.

O final do livro é surpreendente!

É uma lição de vida para todos nós.

No livro Diários de Uma Paixão, ele fala sobre o Mal de Alzhaimer.

Beijos nos pés!