quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Massagem nos pés

Tomei gosto pela coisa, então resolvi fazer o curso de reflexologia podal. Principalmente porque era de massagem nos pés. Nesse curso teve poucas pessoas e somente um homem, além de mim. O cara era novo, da minha idade, mas não rolou química entre a gente. Acho que o cara também era gay, mas parecia que ele tava apaixonado pelo professor. Já tinha feito vários cursos com esse mesmo professor. Era um pouco puxa-saco. Tentei fazer amizade com ele mas não teve jeito.

A primeira aula prática foi no mesmo dia da teórica. Fiz a massagem numa colega com pés pequenos. Preferia ter feito a massagem no pezão do meu professor. Ou até mesmo no meu colega. Nesse curso não tive contato com homem nenhum, apenas no fim do curso.

Próximo de terminar o curso, teve uma turma que fazia outro tipo de massagem. Então eles foram ser avaliados e a professora pediu para eles fazerem massagem na gente. Quem fez massagem em mim foi um carinha. Tinha pegada forte. Esse cara me deixou com tesão. Ainda bem que estava sentado!

Quando a massagem terminou, o professor pediu para fazermos massagem neles, a fim de sermos avaliados. Não tive a oportunidade de fazer a massagem nesse carinha, pois uma outra mulher sentou na minha poltrona. Estava com os pés tão sujos! Tive que dar uma limpadinha! O carinha foi massageado por outra colega. Quando sentou e tirou o sapato, reparei que tinha uns pés tão lindos! Que pena que não deu para massagear seus lindos pés. Tinha outro carinha gordinho com um baita pezão macio, mas também foi massageado por outra colega mulher.

Quando acabei o curso, tentei arrumar emprego na área, mas todos exigiam experiência. Montei um consultório em casa, mas não vingou. Apesar de tudo, foi bom ter feito esse curso, porque estou sempre preparado para massagear os pés masculinos!

Vai uma massagem aí?

Beijos nos pés!